Brasil dos Dinossauros

 

 

Os poucos mais de 500 anos da História do nosso país representam apenas uma partícula de tempo em comparação aos bilhões de anos que as terras
onde hoje está o Brasil têm para contar. Dentre as incríveis criaturas que aqui viveram estão os dinossauros, cujos fósseis nos revelam que estas terras foram o berço da mais diversificada e duradoura linhagem de vertebrados que já existiu.

Quantos, porém, conhecem esses fatos, seus processos e impactos na atualidade? Conhecer a Pré-História do Brasil é como abrir uma janela ao passado profundo, levando-nos a compreender quem somos e o que vemos hoje – nas paisagens, nas formas de vida, nos recursos naturais –, como se deu essa evolução e até mesmo que caminhos ela deverá seguir trilhando.

O ar que respiramos, a água que bebemos e o solo que pisamos têm uma longa, rica e extraordinária história. Uma história desconhecida do grande
público.

O conteúdo do projeto “O BRASIL DOS DINOSSAUROS” é fruto do trabalho de pesquisa e desenvolvimento conjunto - desde 2014 - de dois dos
maiores experts em Paleontologia do mundo. O Maior estudo científico-artístico já realizado sobre esse capítulo da nossa história

 

eduardo anelli TED.png

Prof. dr. Luiz Eduardo Anelli

Prof. Dr. Luiz Eduardo Anelli
Doutorado em Geociências pela USP e Pós-Doutorado pela UNESP. É uma das maiores
autoridades em paleontologia do Brasil.

 
Rodolfo Nogueira.png

Rodolfo Nogueira

Paleoartista, premiado no mundo todo, desenvolveu e publicou uma
metodologia científica para reconstituir animais extintos chamada Paleodesign.

 
Estadio_TED.png

TEDx São Paulo 2017

O Brasil dos Dinossauros

O Instituto de Geociências da USP
Coloca a Graduação e Pós-Graduação em Geociências no seu mais alto nível de excelência, contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico das pesquisas em praticamente todas as suas áreas de atuação, apoiando estudos voltados à prospecção e lavra de bens minerais, hidrogeologia, e aspectos geológicos do planejamento da ocupação territorial e da proteção ao meio ambiente, em sintonia com o desenvolvimento sustentável.

O que faremos…
Uma viagem de exploração pelo Brasil dos dinossauros através da arte e da tecnologia.
Ciência & Arte + Tecnologia = Educação

A exposição de artes visuais O BRASIL DOS DINOSSAUROS será realizada na OCA, na cidade de São Paulo. O público será capaz de se imaginar numa era de milhões de anos atrás a partir do uso de tecnologia de ponta, como projeções em grandes superfícies, dispositivos de realidade ampliada, integrada a elemento físicos e tácteis como mega dioramas, esqueletos de dinossauros, réplicas de crânios, ninhos e pegadas, além de uma grande área que simula um parque paleontológico.
Assim, a exposição se caracteriza pelo seu ineditismo, tanto pelo conteúdo, expografia e sua escala.

O uso intenso de recursos tecnológicos e interativos, integrado aos suportes museográficos, envolverão o público durante o percurso da exposição, disseminando, assim, conhecimentos sobre um passado profundo e sobre um lugar que um dia foi dominado por incríveis criaturas.

Objetivos - Divulgar a Pré-História do território e das espécies que habitavam o Brasil e destacar sua relevância mundial, valorizando o país nos contextos nacional, regional e mundial. A partir da Paleoarte e do uso de tecnologia, promover a cultura de visitas à exposições por estudantes, famílias e o público em geral, estimulando, assim, tanto a aprendizagem nos âmbitos escolares como fora dele. Utilizar a arte e a tecnologia como ferramentas de engajamento social em questões de educação ambiental.

Parceiros:
OCA
MInC
Secretaria da Cultura
Secretária da Educação


 
logo_terra_papagalli.png
 
 

Em sua primeira publicação a Marte lança a obra Terra Papagalli, um trabalho de grande expressão artística sobre espécies de aves que deram nome ao nosso país, os papagaios.

www.terrapapagalli.art.br

Esse projeto contribuiu para ampliação da consciência ambiental e dos perigos de sua não conservação, além de resgatar a tradição da arte naturalista como forma de demonstrar a exuberância da natureza brasileira.

 
 Finalista na 58º Edição Prêmio Jabuti 2016

Finalista na 58º Edição Prêmio Jabuti 2016

 
 

OS AUTORES:

 
eduardo brettas.png

Eduardo Parentoni Brettas

Pintor naturalista da exuberante natureza brasileira.
Suas obras são encomendadas por grandes centros de estudos ornitológicos, como a Universidade de São Paulo – USP (Brasil) – e a Universidade de Princeton (Estados Unidos), museus e galerias de arte de diversas cidades (Atlanta, Dubai, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, entre outras), além de colecionadores ao redor do mundo. 

luis fabio silveira.png

Luís Fábio Silveira

Cientista por vocação e apaixonado por aves desde a infância, é o curador da maior coleção de aves brasileiras do mundo, pertencente ao Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP).
É Doutor em Zoologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é um dos maiores cientistas em atividade sobre o tema no país.

 

PARCEIROS E APOIO:

MZUSP.png
projeto-arara.png
renctas.png
wwf.png

MZUSP
Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo.
A ciência mudou.
Especializou-se, aprofundou os conhecimentos superficiais de outrora, ensimesmou-se para tentar garantir sua eficácia na produção de respostas rápidas para um fenômeno que não espera pelo conhecimento para acontecer: a destruição dos recursos naturais e a consequente crise da biodiversidade. 

PROJETO ARARA AZUL
O Projeto Arara Azul estuda a biologia e relações ecológicas da arara-azul- grande,
realiza o manejo e promove
a conservação da arara azul
em seu ambiente natural.

RENCTAS
A Renctas, Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que luta pela conservação da biodiversidade, desenvolvendo suas ações em todo o Brasil por meio de parcerias com a iniciativa privada, poder público e terceiro setor. 

WWF-BRASIL
O WWF-Brasil executa projetos em todo o país através de parcerias com empresas, ONGs, órgãos dos governos federal, estaduais
e municipais.

PATROCÍNIO:

ROUANET.png
NEWCONTENT.png

 
logo_rio_sketchbook.png
 
46439466.jpg
 Finalista na 59º Edição Prêmio Jabuti 2017

Finalista na 59º Edição Prêmio Jabuti 2017

Rio Sketchbook é um livro de arte que retrata as principais paisagens, monumentos históricos e cenas cotidianas do Rio de Janeiro, a partir do trabalho do artista e arquiteto Eduardo Bajzek, especialista nas técnicas de aquarela, nanquim e grafite à mão livre. O trabalho artístico de Eduardo Bajzek é também uma importante ferramenta de conscientização social sobre a importância da cidade, sua beleza, funcionalidade, história, entre outros aspectos culturais, no dia a dia das pessoas - tanto visitantes, que levarão consigo essa mensagem para suas terras natais, como para moradores no seu exercício diário de cidadania. Ver a sua própria cidade através do olhar de um artista desperta uma nova consciência sobre o nosso próprio papel em relação à ela.

O AUTOR:

 
BAJZEK.png

Eduardo Bajzek

Formado em Arquitetura e Urbanismo e premiado pela American Society of Architectural Illustrators, durante uma viagem à Itália, Bajzek começou a preencher as páginas de seu primeiro sketchbook, descortinando um amplo horizonte em sua vida.
Ministra cursos e workshops de desenhos no Brasil e exterior. Em 20 anos de carreira, produziu mais de 2 mil ilustrações. Foi um dos fundadores do Urban Sketchers Brasil,
grupo que se espalhou por diversas cidades brasileiras com atuação decisiva para a expansão da atividade de desenho urbano no país.

PATROCÍNIO:

TARPON.png
MACHADO.png
ELETROBRAS.png
NEWCONTENT.png